11 de outubro de 2014

Prosas Poéticas na 6ª apresentação traz a criação de:



Ilusão



Te encontrei um dia
Me encantei por ti
Por tudo o que não dizias

E no tempo a passar

Eu fui a ilusão
Que tu não pressentias

Talvez fosse um contraste
Mal entendido
Um tempo gravado
No próprio tempo

Espero pela alvorada
Espero que o longe fique azul
E troco minha existência

Atravesso o Oceano
Infrinjo todas as regras
Canto todos os cantos
Sem saber cantar

Entro no palco das nuvens
Represento a minha vida
E volto de novo sem voltar

Mas fui a Ilusão
Que nunca esperaste
Encontrar!

Aquela
Que nunca soubeste amar
A que canta sem saber cantar

E nos afastamos sem dizer
E não voltamos sem saber
Quanta ilusão se escreveu

Mas se eu voltei
Foi por nunca ter partido!...



* * *
Maria Luísa Adães  
Direitos Autorais Reservados ®
 * clique na foto e conheça outras criações da autora.
_________________________________________________________

29 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Encontros e desencontros, magia e ilusão, eis os ingredientes para um bonito poema.
Um abraço e bom fim de semana

dinapoetisadapaz disse...

Olá Maria Luiza! Um bonito poema , digno da apreciação máxima, como se pode ver, desilusões, desencontros e tudo mais, rende poesia e das boas.
Parabéns pela participação.
Terno abraço!

Verinha Portella disse...

Bom dia, Maria Luiza!!!
Parabéns pela maneira de lidar com os sonhos,realidades, transformando em versos a serem interpretados segundo nossos corações...

"
Entro no palco das nuvens
Represento a minha vida
E volto de novo sem voltar"

DEMAISSSS...poetisa, Bravo!


veraportella

Célia Rangel disse...

Uma realidade que você fantasiou muito bem, com belas e criativas metáforas, Maria Luiza! Parabéns!
Abraço

Dorli disse...

Bom dia Maria Luiza

A vida é feita de sonhos ilusórios, em contrapartida podemos viajar neles, mas é na realidade que reconhecemos o quanto somos felizes com o nosso amor.
Parabéns pela misteriosa poesia
Linda!
Beijos
Lua Singular

Vanessa Palombo disse...

Oi Maria Luiza,

Gostei demais do seu texto...bela participaçao!

Abçs

Marilene Domingues disse...

Viviane e Maria Luisa, boa tarde amigos.
Que linda participação a sua Maria Luisa! Os sonhos e as fantasias muitas vezes nos impulsionam e vivemos depois das recordações que eles nos deixaram.
Parabéns pela linda inspiração poética.
Beijos com carinho para ambos e desejo em lindo final de semana.
Marilene
Marilene Folhas Flores e Sutilezas

Mary disse...

Uma contração entre o real e a ilusão,muito lindo!


Bjos, linda participação!

Tunin disse...

A vida é assim: encontros e desencontros serão sempre presentes em nós, mas o importante é que tiramos boas lições dessas ocorrências em nossas vidas.
Uma beleza de participação.
Abração.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Maria Luísa,seus poemas me encantam,e assim é a vida repleta de sonhos e lembranças de alguém que um dia marcou as nossas vidas.
Parabéns!
Bjs amiga
Carmen Lúcia.

Evanir disse...

Com muita alegria venho parabenizar a querida amiga e poetisa Maria Luisa.
A longa venho postando poemas dela do meu blog.
Que tão gentilmente autorizou a
postagem e faço com alegria.
Conto com os belíssimos poemas e a amizade de uma pessoa muito especial.
Minha amiga parabéns uma vez mais pela participação .
Um abraço e meu eterno carinho.


PS.. Viviane quantos poemas lindos meu amigo.
A vc desejo um feliz final de semana e meu carinho também.
Evanir..

Lu Nogfer disse...

um mix ilusório num belíssimo e lírico poema.
Parabéns!

Abraços.

Fiapo de Sonhos disse...

A magia dos encontros e desencontros do amor retratados com um belíssimo lirismo. Parabéns poetisa.
Um abraço

Ps. Boa tarde JR Viviani,
agradeço tua amável visita e as elogiosas palavras. Obrigada.
Um abraço e bom finalzinho de sábado

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, Maria Luísa Adães !
Que belos versos acabo de ler !
Estavam maduros para vir à tona...
Só faltava coragem, creio.
Agora, não falta mais nada.
Sinceros parabéns.
Sinval.

Zilani Célia disse...

OI MARIA LUÍSA!
ILUSÃO, POIS QUANDO SE AMA, O CORPO PODE PARTIR, MAS, A ALMA FICA.
NA BELEZA DE TEU TEXTO, A DOR, A SAUDADE E A RESIGNAÇÃO, TOTALMENTE DEMAIS, AMIGA.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

ॐ Shirley ॐ disse...

Parabéns pelo belo poema, Maria Luisa.
Beijos!

Leila Bomfim disse...

Que doce ilusão estes versos....lindo!

Guaraciaba Perides disse...

AS ilusões que permanecem como verdades da alma...existem sim. Belo poema que nos reporta aos nossos primeiros sonhos.
um abraço e Parabéns!

Cidália Ferreira disse...

Maravilhosos versos.Adorei

parabéns

Beijinhos e um ótimo Domingo.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

cris braghetto disse...

Olá, Maria Luísa.
As ilusões são para o homem o que as asas são para os pássaros. Lindo poema. Parabéns pela bela participação. Abraços.

Evanir disse...

Uma abençoada semana a você amigo Viviane.
E aos participantes meu carinho também.
Sempre vou grata pelo carinho da sua amizade.
Abraços.
Evanir.

Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana disse...

Belíssimo!

Parabéns pela inspiração! Beijos

Marina Fligueira disse...

Hola, Maria:
Tengo el teclado estropeado y no me tilda.
Bueno pues decirte que es un precioso poema el tuyo: que dice mucho en pocas palabras, que nos habla de esa ilusión que canta sin saber cantar... que vuelve porque nunca ha partido. Así es siempre estará ahí la quimera para dar sentido a la vida y fuerza.

Ha sido un inmenso placer pasar por este espacio, donde tantos compartimos nuestra poesía.
Gracias A nuestro amigo, J=R Viviani.

Te dejo mi felicitación y cariño, aunque no nos conocemos, navegamos en el mismo barco.
Besos en vuelo. Desde España=Galicia.

MARIA MACHADO disse...

Olá Maria Luísa que belo poema!

Te encontrei um dia
Me encantei por ti
Por tudo o que não dizias


Um abraço!

Maria Machado

Nelma Ladeira disse...

Maravilhoso poema!!
De encontros e desencontros.
Envolvidas na ilusão!!
Parabéns.Beijinhos.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Luíza
Só hoje pude passar, com calma, ler tão suave dor de amor no peito contida...
Estive ausente de casa por 15 dias para saborear a filha e netinhos amados...
Muito lindo de se apreciar e só me resta desejar que tudo se transforme em vida nova em seus belos versos...
A imagem que o ilustra é preciosa e diz muito sobre o ardor das palavras de cada linha do seu poema... Parabéns!!!
Bjm fraterno

Artes e escritas disse...

Parabéns pelo poema musical,não é preciso saber para cantar, apenas querer. Um abraço, Yayá.

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Contrastes y referentes que abren las alas de esa Ilusión que nos mantiene vivos y activa nuestro Corazón para llenarnos de Ilusión de Amor...Precioso.
Abraços.