13 de dezembro de 2012

Contos e Prosas - apresenta a criação de:


“Um Anjo que caiu do Céu”!

Os sinos tocam ao som de cânticos de anjos.
A pobre menina se junta à avó, a esmolar na porta da igreja.
Os poucos trocados que recebem, com mãos entrelaçadas agradecem e oram.
A noite está muito fria. É véspera de Natal. Ao longe escondida uma senhora muito rica as observa.
Como se fosse um anjo caído do Céu ela as convida para cearem.
Menina e avó aceitam e se abrigam do frio, saboreando os quitutes da noite de Natal.
Após dois dias voltam a pedir esmolas na igreja.
Passados alguns meses a avó adoece e vem a falecer.
A pobre menina órfã não sabe o que fazer, mas continua ali a pedir.
O anjo que as levou para casa aproxima-se e diz:
— Querida eu a levarei comigo, darei um lar a você junto dos meus familiares.
A pequena aceita dirige-se a casa e lá encontra um casal de crianças, com a mesma idade. Juntos crescem, é tratada como filha, frequenta as mesmas escolas.
Certo dia, o anjo foi chamado ao Céu e a menina chora muito. Agradece ao Senhor Divino, por ter encontrado esse ser tão especial.
 Mais uma noite de Natal chega e a menina pobre, agora muito rica, ajoelha-se orando ao nascimento do Menino Jesus.
Ao longe, ouve-se o cântico dos anjos a tocar na igreja.

Carmem Lúcia Lopez
Direitos Autorais Reservados ®

 * Clique na foto e conheça o blog da autora.
______________________________________________________________________________

28 comentários:

Dorli disse...

Oi Carmem!
Assim em todos os natais, houvesse não só um anjo bom como esse, mas muitos deles para tirarem a criançada da rua e das drogas.
É uma utopia. Mas como é bom sonhar...
Belo conto
Lua Singular

Nádia Santos disse...

Lindo demais seu conto querida... que muitos anjos assim se espalhem pela terra. Parabéns e grande beijo Carmem>

Selma Nascimento disse...

Meu querido passando para desejar a vc e aos seus seguidores Um Feliz Yule

Que no ano de 2013 vc me visite mais vezes.

http://3fasesdalua.blogspot.com

bjs

Selma

*Escritora de Artes* disse...

Olá Carmem,

Um texto tocante... acredito em anjos..!

Abçs

MARIA MACHADO disse...

Parabéns querida Carmem...Uma emocionante história muito linda!

Ao longe,ouve-se o cântico dos anjos a tocar na igreja. Que este ano 2013, haja milhões desses anjos na terra, que sejam solidários como esse seu "Anjo que caíu do Céu"!

Um abraço...Que Deus te ilumine mais e mais.
Maria Machado

elvira carvalho disse...

Um bonito conto cheio de encanto e magia, muito própria desta época.
Pena que no resto do ano não paire sobre a humanidade o mesmo espirito desta época
Um abraço
elvira
http://6feira.blogspot.pt/

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

simples e bonito!

Mary disse...

Oi Carmem!

Que todas as crianças pobres encontrem seu anjo da guarda e lhes salve.

Lindo conto!

Parabéns querida Carmem

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Que ese Ángel de la Guardia perdure durante todo el Año y su Luz irradie Alegría e Ilusión.
Precioso Cuento.
Um abraço.

sinval silveira disse...

Oi, querida Carmem Lúcia !
Parabéns, pelo belíssimo conto,
escrito com palavras ditadas
pelo coração.
Um faterno abraço.
Sinval (coração tagarela).

Rosa Mattos disse...

Que bonito, Carmem, parabéns pela excelente participação no evento.

bjs

Rosa Mattos
http://contosdarosa.blogspot.com

*amigo JR, um abraço especial pra ti*

Bento Sales disse...

Olá, amiga Carmem!
Que história bem escrita e muito bonita. Vemos que a riqueza não mudou a menina. Mas, muitas vezes, temos de merecer um anjo destes. Agradecer é virtude de poucos.
Seu texto deu um brilho especial ao evento. Viviani fez aqui um bom trabalho.

Abraços a ambos!

Magda disse...

Querida amiga Carmen,
O mundo necessita de muitos anjos bons e caridosos assim!
Muito lindo e comovente como tudo que escreve.
Beijos com carinho!
Magda

Martha Marquez disse...

Preciosa Carmem,
Seu conto tem encanto, nostalgia e caridade...Bravo!
Adorei!
Que um doce anjo possa levar até vc, meus respeitos e minha ternura,
Bjs, Martha

VILMA PIVA disse...

Olá Carrmem, seu conto nos põe a refletir de quantos anjos seriam necessários para amparar as crianças que estão à sorte de um destino triste.....Quantos de nós poderemos ser anjos de Natal?? Parabéns por teu belo conto! Beijos!!

VILMA PIVA disse...

Olá Carrmem, seu conto nos põe a refletir de quantos anjos seriam necessários para amparar as crianças que estão à sorte de um destino triste.....Quantos de nós poderemos ser anjos de Natal?? Parabéns por teu belo conto! Beijos!!

Isa Lisboa disse...

É um bonito e inspirador conto de Natal!

Abraço

Janete Sales -Dany disse...

Que os anjos digam amém!
Lindo conto que chega aos nossos corações!
Encantada!

Parabéns Carmem!
Um grande abraço amigo JR!
Estou feliz em estar aqui!

Abraços a todos!

Marli Franco disse...

Carmem congratulações pela obra magistral!Intensa criação!
Que os Anjos abençõe todas as crianças!
Um beijo de violetas e meu carinho

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Caro poeta J.R.Viviani.

Agradeço pelo convite em participar por mais um belo evento que é digno de aplausos.
À todos amigos que deixaram seus comentários maravilhosos o meu muito obrigada.Não esperava que fossem tantos,pincipalmente alguns que ainda não são meus seguidores.Agradecerei à todos ao término dessa participação em uma postagem em meu blog.
Que Deus ilumine seus lares e um Feliz Natal.
Bjs de luz
Carmen Lúcia

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Que lindo Carmem, quanta ternura e quanto amor.
Ainda acredito que existem pessoas assim como você descreveu também nesse mundo.
Parabéns querida, beijos.

Sónia M. disse...

Tento aos poucos colocar a leitura em dia (perdão pela ausência, J.R.)

Gosto de acreditar que ainda existem anjos a cair do céu...
Um conto muito ternurento que li com prazer. Parabéns à autora.

Deixo um beijo
Sónia

POR TODA MINHA VIDA disse...

Minha linda Amiga Carmen Lúcia o prazer de ler teus contos e poemas inigualável...fico a me perguntar da candura das tuas palavras e sentimentos qual será o anjo que te acompanha a escrever tão lindas e preciosas palavras que me enchem de emoção ...maravilhoso sem palavras ...meus mais efusivos parabéns amiga Um grande beijo Pedro Pugliese

Clarice Moreno disse...

Carmen Lúcia, minha querida e doce amiga, amo seus poemas , seus contos, este nos serviu para uma boa reflexão!!! Parabéns, um grande beijo
Clarice

Gracita disse...

Oi minha doce amiga Carmen Lúcia
Que conto maravilhoso e comovente.
Quisera que na vida real existissem mais anjos como para acolher e acarinhar com tanto amor tantas crianças que vivem na mais absoluta miséria social e emocional. Com certeza a dor mais pujante é saber-se só, não receber um afago, um carinho. Aqui a criança recebeu uma dádiva. Que seu conto sirva de inspiração para outros anjos. Parabéns amiga!
Beijinhos
g
Gracita

Ghost e Bindi disse...

Olá Carmem Lúcia! O espírito fraterno a todos deveria tocar, mas são poucos os que atendem ao seu chamado. Ricos ou pobres, todos temos algo a oferecer, principalmente em se tratando de afeto e solidariedade.
Parabéns pelo seu conto, repleto de esperança cristã, de exemplo fraterno e de paz.
Um grande abraço!

Bíndi e Ghost

Bia Hain disse...

Um belo desenvolvimento para o tema de Natal! Lindo, parabéns! Um abraço!

Lu Nogfer disse...

A época pede essa serenidade!
Muito lindo: Parabens!

Abraços!