5 de outubro de 2014

Prosas Poéticas na 3ª apresentação traz a criação de:


Poetando

Se assunto me apraz então versejo
Independe mesmo de tema central
Porque traço o mundo como o vejo
Desse meu jeito meio torto afinal

Construo de certos fatos, lembrança
Que a humanidade lerá no futuro
Me interessa o fervor e a bonança
Até o que se encontra atrás do muro

Não sei se acreditam com certeza
Ou duvidam que inexista a beleza
Mas espero que leiam meu verso

Vendo deste Planeta num retrato
Eventos e acontecimentos de fato
Que bem delineiam este Universo.

* * *
Jair Lopes
Direitos Autorais Reservados ®
clique na foto e conheça outras criações do autor.

____________________________________________

38 comentários:

Gracita disse...

Bom dia Jair!
A alegria maravilhosamente esculpida nos lindos versos deste fabuloso soneto. Gostoso de ler. Parabéns!
Um abraço

dinapoetisadapaz disse...

Jair,
Uma composição magistral que encanta o leitor. Parabéns pela bela inspiração!Abçs!

ॐ Shirley ॐ disse...

Assim deve ser, Jair, encarar a vida com bons olhos.
Gostei muito.
Beijos!

Célia Rangel disse...

Olá Jair!
Você desliza as palavras em tons urbanos e pessoais de quem vive na amplitude de seu horizonte! Belo poetar!
Abraço,
Célia

Dorli disse...

Bom dia Jair
Apesar de não conhecê-lo, da para perceber que é um poeta que encanta.
Parabéns pela poesia
Beijos
Lua Singular

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Gostei muito deste poema. Parabéns ao autor.
Um abraço,
Renata

Mariangela disse...

Bom dia Jair!
Foi um prazer imenso em tê-lo como parceiro neste evento tão bom!
Muito bom seu poema, gostei muito!
Um ótimo dia!
Mariangela

Elvira Carvalho disse...

Bom dia Jair.
Não é fácil transformar os factos do dia a dia em poemas, muito menos num soneto, muito mais difícil de escrever. Parece-me no entanto que o faz com grande naturalidade. E isso não é para qualquer um.
Um abraço e bom domingo.

Elyane Lacerdda disse...

Que soneto lindo, amigo poeta!
estou lhe seguindo, pois amei seu blog!
Você escreve muito bem, poeta!
bjus e bom domingo!
http://www.elianedelacerda.com

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Bom dia Jair,já li e reli seus versos e me encantei.
Parabéns.

Carmen Lúcia.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Olá Jair, como sempre sua escrita é de maestria, és um poeta de mão cheia. Seu soneto é emocionante. Fala-nos sobre tudo em versos maravilhosos , do Universo sem fim......
Grande abraço!
Abraços ao JR.Viviane.

Sandra Cristina de Carvalho disse...

Boa tarde, Jair!
Gostei da informalidade de seus versos, provando que conteúdo não depende de pompas. Muito belo seu poema, a sua busca é persistente, não importando onde encontrá-la. Um poeta fervoroso e emocional. Amei.
Parabéns e boa sorte!!!!

. intemporal . disse...

.

.


. cantarolar as veredas de cada dia . e versejar . :) .

.

. um abraço .

.

.

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Maravilloso Soneto con métrica y rima magistral.
Es cierto; los Poemas sirven de Lembrança para generaciones presentes y venideras.
Un saludo.

Guaraciaba Perides disse...

De fato, para os olhos de um poeta a mais pequena flor tem em sua forma a expressão de beleza e requinte de todo o Unverso... a poesia brota como água cristalina que já em si é expressão de vida...a maravilhosa vida que brota em toda parte.
Um abraço e muita poesia em sua vida!

Evanir disse...

Jair seu poema é maravilhoso
fico feliz em encontrar você aqui.
Sua participação esta belíssima .
Parabéns amigo poeta.
Uma semana abençoada.
Evanir.

Silenciosamente ouvindo... disse...

E verseja maravilhosamente bem.
Um abraço
Irene Alves

Pérola disse...

Um poetar de encantar.

Poesia tão linda!

beijo

Leila Bomfim disse...

Li os seus versos e amei! Um abraço...

Anne Lieri disse...

Muito lindo esse soneto e está um show esta sua iniciativa de trazer escritores diversos por aqui! bjs e boa semana,

São disse...

Gostei do poema!

Marcia Pimentel disse...

Olá,
Que lindos versos escritos nesse lindo poema. Parabéns, Jair.

Olá J.R. Viviani, postei sua entrevista no blog. Foi muito bom saber um pouco mais sobre você e sobre o livro Uma Página Virada.
http://marcia-pimentel.blogspot.com.br/2014/10/entrevista-com-o-autor-jr-viviani.html

Bjs

Marina Fligueira disse...

Hola: muy bueno este soneto. Me ha encantado. Te dejo mi felicitación.
Un saludo muy cordial.

Samuel Balbinot disse...

Boa noite Jair.. ficou muito belo.. e até me dei o trabalho de metrificar ele pois a sonoridade parecia de um soneto.. e nós continuamos a cantar em forma de versos.. parabens.. abraços poeta

Vanessa Palombo disse...

Oi Jair,

Muito bom, parabéns pelo texto...

Abçs

Zilani Célia disse...

OI JAIR!
A BELEZA EXISTE SIM E NOS TEUS VERSOS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

cris braghetto disse...

Olá, Jair.
Admiro a habilidade que os poetas têm de falar pelas mãos.
Abraços.

Marilene Domingues disse...

Bom dia Viviani e Jair!
Foi com muito prazer que li sua linda poesia. Tem minha admiração todos que conseguem colocar em palavras o que vai na alma e no coração.Parabéns Jair pelo belo poetar!
Beijos com carinho
Marilene

Verinha Portella disse...

Bom dia ,Jair !
Tua apresentação emocionou a todos ,com toda certeza.
" Me interessa o fervor e a bonança
Até o que se encontra atrás do muro"

Adorei, Parabéns,Poeta!

abraços
veraportella

MARIA MACHADO disse...

Muito prazer te conhecer!

Você com esse lindo sorriso escreve maravilhosamente bem.
Lê sua poesia foi muito bom, você seduz as palavras gentilmente.

Parabéns!!!


Um abraço!

Maria Machado

Mary disse...

Adorei sobretudo por que
me identifiquei muito com parte dele
"traço o mundo como o vejo
Desse meu jeito meio torto"

Essa sou eu rs1


lindo poema, bjos

Lu Nogfer disse...

O Jair, como sempre, com suas belíssimas rimas!

Aplausos!




Joana disse...

Boa tarde, Jair!

Excelente poema! Parabéns pela inspiração!

Nelma Ladeira disse...

Lindo Jair!!
Ao lê já sinto a sua alegria!
Parabéns!!
Beijinhos.

Roselia Bezerra disse...

Olá, Jair
Só hoje posso passar com calma pois estive com familiares por 15 dias noutro Estado e lá fico por conta de viver o momento com netinhos...
Vibrei daqui com seus versos e verdades que só o poeta conhece... E as disse muito bem...
Muito bom vc adornar o universo com poemas de extrema sensibilidade!!!
Parabéns!!!
Abraços fraternos

Artes e escritas disse...

Parabéns pelo poema do pensamento inspirador de um poema. Um abraço, Yayá.

Sinval Santos da Silveira disse...

Olá, amigo Jair !
Parabéns pelo poema, recheado de
emoção. Belo texto !
Um fraterno abraço de boa noite.
Sinval.

Coluna da Mi disse...

"Não sei se acreditam com certeza
Ou duvidam que inexista a beleza
Mas espero que leiam meu verso".

Essa é a alma do poeta, mesmo que a gente escreva de um jeito torto como tão bem diz a poesia do Jair.

Parabéns!