5 de outubro de 2014

Prosas Poéticas na 3ª apresentação traz a criação de:



Nesta bonita paisagem.
 
Gosto de te olhar enquanto falas de ti.
Descortino a tua vida, vasculho-te,
Nesta tua bonita paisagem límpida e pura,
Onde apenas o vento com carícias vãs te toca.

Olho-te enquanto falas comigo.
Uma luz ilumina o teu rosto sombrio

E se vai, sem deixar vestígios.
Deixando-o, só para mim.

Sinto em teu olhar puro,
Uma alma límpida e sem ranhuras.
Vejo um caminho, um destino,
Onde só eu descortino.

E percebo com alegria,
Enquanto desnudo com meu olhar
A tua alma inocente e pura,

Que cheguei aqui justamente pra te despertar!

 * * *
Mariangela Vieira
Direitos Autorais Reservados ®
clique na foto e conheça outras criações da autora.

_____________________________________________________________

36 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia

Um Poema encantador. Amei..Já conheço o espaço, maravilhoso.

Um bom Domingo para aqui.

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Gracita disse...

Bom dia Mariangela
O olhar encantado da poetisa desnudando a alma ao discorrer sobre as belezas que encanta e deixa o coração feliz
Um abraço

dinapoetisadapaz disse...


Mariangela,Um olhar pra lá de ladino a descortinar as belezas que te inspirou. Parabéns pelos belos versos!Abçs!

SOL da Esteva disse...

A Aura dum rosto que se ama, sempre ilumina o sentir da Alma.
Parabéns


Beijos


SOL

ॐ Shirley ॐ disse...

Em silêncio, você soube alcançar a essência do outro...
Belíssimo, Mariangela.
Beijos!

Dorli disse...

Oi Mariangela

Embriagante poesia!
Preciso dizer mais alguma coisa.
Beijos
Lua Singular

Célia Rangel disse...

Olá, Mariângela!
Perscrutar fisionomias, almas e corações é objetivo de quem ama e se doa plenamente! Belo poema! Parabéns!
Abraço,
Célia.

Elvira Carvalho disse...

Um bonito poema, com a qualidade e a beleza que sempre põe no que escreve.
Um abraço e bom domingo.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá amiga Mariângela,seus versos são encantadores,magistralmente escritos.
Adorei.
Bjs-Carmen Lúcia.

Sandra Cristina de Carvalho disse...

Olá Mariângela!
Gostei do seu poema. Quem sabe olhar o outro, tem mais chances de se encontrar. Conhecendo o outro, aprendemos a nos conhecer melhor.
Um ótimo domingo e uma semana de muitas bênçãos!!!! Boa sorte!!!!

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Esas miradas que por si solas nos hablan y llenan de sensaciones, hablando sin decir palabra.
Precioso Poema.
Abraços.

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Mariangela, lindos versos que proclamam a deliciosa intimidade entre dois seres e duas almas, cúmplices na vida e no amor.
Um abraço

Evanir disse...

Lindo poema minha amada amiga.
Quando puder e se puder me avisa gostaria mito de postar seu poema.
Fico feliz em ver tão belo poema de uma amiga tão especial.
Feliz semana beijos.
Evanir.

Marina Fligueira disse...

¡Hola, Mariangela!!!

¡Precioso ese descortinar!!! Cantar contar y desnudar el alma del paisaje. Todo un lujo mi, niña.

Mi enhorabuena. He sentido un inmenso placer al leerte.
Un beso azul en vuelo.

Vanessa Palombo disse...

Oi Mariangela,


Adorei seu texto, um poema belo e leve...

Abçs

Zilani Célia disse...

OI MARIANGELA!
OS OLHOS, SÃO ESPELHOS, NOS QUAIS LÊ-SE O QUE VAI NA ALMA DOS PUROS DE CORAÇÃO.
LINDO AMIGA E PARABÉNS PELA PARTICIPAÇÃO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

cris braghetto disse...

Olá, Mariangela.
Admiro poetas que falam com as mãos e com os olhos. Quantas coisas cabem num olhar!
Belo poema!
Abraços.

Marilene Domingues disse...

Bom dia Viviani e Mariangela!
Lindo poetar! Parabéns pelo maravilhoso dom da escrita. Admiro quem consegue colocar em palavras tudo o que vai na alma e no coração.
Beijos com carinho
Marilene

Verinha Portella disse...

Mariangela!!

Que lindo poetizar,querida.

"
Sinto em teu olhar puro,
Uma alma límpida e sem ranhuras.
Vejo um caminho, um destino,
Onde só eu descortino."

Gostei demais,teus poemas,a cada dia me emocionam mais, conheço teus trabalhos a muito tempo e aprecio demais. belíssima apresentação.
beijos
veraportella

Marina Fligueira disse...

Paso de nuevo a releer tu hermoso poema: esa mirada muy tuya que contempla el bello paisaje. Me encanta.
Te dejo un beso y se muy muy feliz.

Dorli Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dorli Silva disse...

Oi tia Mariangela
Desculpe o erro.
Nós do Mundo dos Inocentes adoramos sua poesia
Beijinhos no coração
Mundo dos Inocentes

MARIA MACHADO disse...

Nesta bonita paisagem, cada poesia que já li neste incentivo do nosso mestre Viviani, eu fico encantada com tantos talentos como você, que escreveu divinamente bem.

Parabéns querida!!!


Um abraço na alma!

Maria Machado

✿ chica disse...

Gosto sempre dos teus poemas,Mariangela! bjs, chica

Mary disse...

Mariângela, saudades de vc, adoro seus poemas,lindos e que muito nos emocionam. parabéns querida, linda participação.

Lu Nogfer disse...

Um poema indiscutivelmente belo e irretocável.
Parabéns, Mariângela!

Abraços.

Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana disse...

Boa tarde, Mariangela!

Belíssimo, poema! Parabéns pela inspiração!
Beijos!

Nelma Ladeira disse...

Lindíssimo poema.
O olhar diz tudo!Através dele sentimo a pureza do amor.
Parabéns,beijinhos.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Mariângela
Só agora pude passar por aqui, depois de 15 dias fora de casa com familiares e me extasiar com tanta formosura... Nossa!!! Encantou meu coração descortinar a sua janela e perceber o coração que está por trás dos lindos versos que vc desbrava num conhecimento do outro coração (minucioso e tenaz)... Parabéns!!!
Lindo horizonte em seu poema é aberto!!
Bjm fratenro

Artes e escritas disse...

Parabéns pelo poema de um amor ao espelho do olhar! Um abraço, Yayá.

Sinval Santos da Silveira disse...

Querida amiga, Mariângela Vieira !
Belíssimo e emocionante texto !
Fruto de uma nobre inspiração.
Parabéns, e um carinhoso abraço
de boa noite.
Sinval.

Coluna da Mi disse...

"Olho-te enquanto falas comigo.
Uma luz ilumina o teu rosto sombrio".

Perfeito!

JAIRCLOPES disse...

Soneto-acróstico

Mistura suas palavras com talento
Assim vai compondo ponto-a-ponto
Reflete pensamentos cem por cento
Impondo seus veros sem confronto.

Ângulos pessoais suas colocações
Nem um pouco lhe falta argumento
Garante rima sem quaisquer senões
E dentro do vernáculo coloca acento.

Lá vai essa tal poeta transcendental
Abrindo alas com o brilhantismo seu
Vem com verve e conhecimento final
Indicando com o lirismo um himeneu

Espero encontra-la outras vezes mais
Indo ou vindo ao universo da poesia
Raramente se encontra uns que tais
Apesar dessa minha falta de sintonia.