7 de outubro de 2014

Prosas Poéticas na 4ª apresentação traz a criação de:



Um Violino à espera da Primavera.


Um violino sussurrando ao som das águas
mansas,em noites de inverno.
Seus acordes,silenciosamente atravessam o
remanso,desaguando lágrimas caídas a rolar
nas profundezas  do mar.
Quebram-se ondas,chegando bem devagar ao
som desse sussurrar.
Tantas vezes tocou e alegrou em cada toque
magistral,agora chora em súplicas sobre a
nevoa que ao longe esfumaça a aragem, e
sutilmente traz a brisa em sopro, como
viajante dessa paisagem. 
Quisera poder socorrer esse choro e deixar
sonora sua melodia, quisera poder deixar a
lua adormecer e clarear o dia sem essa triste
escuridão do anoitecer.
Quisera poder ouvir o sussurrar alegre desse
violino, quando novamente tocar sem choros,
deixando as águas sorrir à espera das festivas
e floridas tardes de Primavera.

* * *
Carmen Lúcia
 Direitos Autorais Reservados ®
clique na gravura e conheça outras criações da autora.
 ___________________________________________

60 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Um poema lindíssimo que se lê com o mesmo enlevo com que se ouve o violino.
Um abraço

ॐ Shirley ॐ disse...

Na estação florida, os acordes do violino, chegam plenos de paz e de alegria.
Belo poema, Carmen Lúcia!
Beijos!

eduardo medeiros disse...

Olá, tudo bem?

Um belo poema para se ler logo pela manhã.

Um abraço

Marilene Domingues disse...

Bom dia Viviani e Carmem Lucia!
Quanta delicadeza nesse seu poema primaveril.
Com é bom sentir os acordes do violino e ver a primavera enfeitando cada espaço...Parabéns Carmem, ficou muito lindo seu poetar.
Beijos com carinho
Marilene

Dorli disse...

Oi querida Carmem,
Retirou do íntimo da sua ternura e amor uma poesia linda e sonora ao som do violino em plena primavera.
Sua construção poética vem encantar o que temos de mais puro: o amor.
Parabéns amiga pela sua sensibilidade poética.
Beijos no coração
Lua Singular

Verinha Portella disse...

Carmem, acordei e sem demora me deparo com essa maravilha, que presente lindo estas nos ofertando.
Que lindo, emocionante.

"quisera poder deixar a
lua adormecer e clarear o dia sem essa triste
escuridão do anoitecer".

Confesso...chorei...
beijos com carinho.
veraportella

Rosa Mattos disse...

Bem bonito seu poema, Carmen. Um doce lamento. E essa imagem foi bem escolhida para casar com os versos.

Beijos.

Bell disse...

Queridona essa poeta linda, que encanta meus dias com suas poesias de amor.

bjokas =)

Janaina Cruz disse...

Belíssimo escrito, o som que acalma as águas e as almas, lúdico e encantador...

Amei ter visitado o blog, voltarei outras vezes mais.

Marina Fligueira disse...

¡Hola, Carmen!
Me ha gustado la musicalidad de ese violín que a veces llora. bello muy bello.
Te dejo mi felicitación.

No nos conocemos, pero aquí somos hermanos que navegamos en un mismo barco que es nuestro Amigo, J-R Viviani.
Creo que está haciendo una gran labor un trabajo para que todos disfrutemos de su bondad de su gran creatividad como escritor y buen organizador de este precioso evento. Un abrazo, amigo.

emanuel moura disse...

Encantador e harmonioso momento ,muito belo como sempre querida amiga Carmen ,muitos beijinhos

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde Carmen.. parabens pelo poema.. sempre deixando sua marca com leveza que transborda do teu ser..
somente a poesia nos permite isso.. beijos meus e até sempre

Clau disse...

Olá J.R Viviani e amiga Carmen :)
Poesia primorosa e regada com muita sensibilidade...
Amei ler 'Um violino à espera da primavera'!
Bjs!

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Música tocada por ese violín mezclada con la hermosa Primavera. Armonía y Ternura en tus Versos, Calor y Color en tus estrofas...Una verdadera maravilla de Poesía que llena de fragancia y acordes nuestras Almas.
Abraços e Beijos.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Linda poesia transbordante de lirismo neste princípio de primavera.
Beijo*
Renata

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Lindo, Lindo, Lindo, Carmem
Um forte abraço para você e ao amigo Viviani
Com carinho de
Verena e Bichinhos

Lia Noronha disse...

Marisa: lindo de viver!!!beijos em carinhosos

Edumanes disse...

O violino de Carmen Lúcia!
sussurrando nas noites de primavera
sacudindo para longe a angústia
que ela dentro de si nunca quisera.

Lindo poema sim,
escrito ao som do violino
jamais no mundo terá fim
no infinito destino.

Nem na escuridão ao anoitecer,
ele veio para sempre ficar
quem bem assim sabe escrever
deve um livro poemas editar!

Um beijo para a Carmen Lúcia, um abraço
para o Vendedor de Ilusão.

Mariangela disse...

Oi amiga... Deixaste aqui a sua marca! Um lindo e terno poema! Amei!
Beijos com carinho,
Mariangela

Zilani Célia disse...

OI CARMEM LUCIA!
OUVI DESTE VIOLINO O CHORO EM NOITES DE INVERNO E, NOVAMENTE, SEUS ACORDES FESTIVOS BRINDANDO A PRIMAVERA, GRAÇAS A BELEZA DE TEUS VERSOS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Dilmar Gomes disse...

Bravo! Lindo!
Um abraço daqui do sul do Brasil, meu amigo JR.

MARIA MACHADO disse...

Querida Carmem, existem poemas que é só pra lê, e existem poemas que é pra lê e sentir, e fazer chorar o coração.Seu poema tocou-me com choros. Aplausos pra você!!!

Uma escolha maravilhosa, belo poetar.
Deus te abençoe!

Maria Machado

Célia Rangel disse...

Há um coração choroso romanticamente após a leitura e a sensibilidade inserida no mesmo pelo seu magistral poema! Parabéns!
Abraço

Guaraciaba Perides disse...

Belíssimo poema conjugando a melodia e oUm abraço amor eterno.Senti na alma .Parabéns!

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Carmen, fique comovida e enrolei o comentário...desculpe. Válidos a sublime poesia, o lindo e plangente som do violino, o amor eterno e sobretudo o Parabéns!
E lógico, o abraço, o Amor e a Paz!

Tunin disse...

A tua poesia é tão marcante que soa como os acordes de um violino.
Beleza, poeta!
Abração.

Vanessa Palombo disse...

Oi Carmen,

Simplesmente perfeito....

Abçs

Jacques disse...

Olá, José.
Linda poesia da colega blogueira Carmen Lúcia.
Acredito que o planeta e seus ciclos possuem uma linguagem própria, e parte de ser humano é sabermos que jamais poderemos compreender a todos eles.
Parabéns por mais esta edição do Prosas Poéticas.
Abraço, José.

Cidália Ferreira disse...

Muito belo
A Carmén Lucia é uma grande Poetisa
E eu sou sua Fã.

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Dorli Silva disse...

Oi tia Carmem
Linda a sua poesia
Nós adoramos
Parabéns
Mundo dos Inocentes

Sinval Santos da Silveira disse...

Boa noite, amiga Carmem Lúcia !
Lendo teu lindo poema, cheguei ouvir
o som do Violino, saltitando sobre as
flores que chegaram com a primavera.
Parabéns pela feliz inspiração.
Um fraternal abraço.
Sinval.

Evanir disse...

Carmem..
Linda sua participação minha querida.
Parabéns amiga adorei seu poema
e gosto de todos que leio em seu blog.
Receba com carinho meu abraço.
Evanir.

Nanda Olliveh disse...

Bela participação da minha querida amiga Carmem!

Beijos amigo J.R VIVIANI!
Beijos amiga Carmem!

Maria Luisa Adães disse...

Muito bonito!

Beijo e felicidades,

Maria Luísa

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Amigo Viviani,agradeço de coração ao convite para participar desse evento e deixo os meus agradecimentos a todos amigos que por aqui passaram e ainda irão passar,muito obrigada por todos os comentários.
Na medida do possível,agradecerei aos amigos que deixaram seus carinhos.
bjs .
Carmen Lúcia.

Belén Rodríguez disse...

Es un placer pasar por aquí y disfrutar de estos deliciosos momentos.
Felicidades a la autora y gracias al anfitrión.
Besos.

Verinha Portella disse...

Carmen!! Parabéns pela linda participação neste maravilhoso prosa poética. Como sempre ,tu nos encanta com teus versos...
beijos
veraportella

Gracita disse...

Olá Carmen
Os acordes sonoros desse violino trouxe o encanto e a magia dos teu belos versos. Foi honra estar participando do Prosas poéticas no mesmo dia de uma poesia talentosa como você.
Parabéns por sua belíssima participação
Beijos

Flavio Ribeiro disse...

Olá,
Que delícia de poema! Parabéns Carmen pelo talento! Nos fez viajar junto aos acordes de um violino ao mar.....

Abraços,
Flávio Ribeiro
portaodoinfinito.blogspot.com.br

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Obrigada a todos que aqui deixaram seus carinhos em forma de comentários.
Bjs
Carmen Lúcia.

dinapoetisadapaz disse...

Olá, Carmem Lùcia!

Que lindo esperar a primavera ao som dessa terna e romântica melodia poética! Um poema de beleza rara.
Parabéns pela magistral participação.
Abçs!

lia disse...

OI Amigo, que poesia bonita postada em teu blog.A Carmen tem muita sensibilidade em sua poesia, é capaz de nos fazer ouvir acordes de violinos...Parabéns!
Abraço carinhoso e, apareça.

Mari B. disse...

Poema lindo, que fala na alma da gente.
Parabéns à Carmen e ao J.R. Viviani por proporcionar este delicioso espaço no blog.

Cesar S. Farias disse...

Profunda e sensível homenagem à esse instrumento musical tão cativante e que emana emoção pura.

cris braghetto disse...

Olá, Carmem.
Um poema bordado ao som do violino.
Lindo!
Parabéns!
Abraços.

✿ chica disse...

Magia e romantismo muito bem trazidos em poema! bjs, parabéns! chica

Ailime disse...

Um poema lindíssimo impregnado da sua sublime sensibilidade poética!
Parabéns, amiga!
Um beijinho,Ailime

Eu...Suzana disse...

O som suave de um violino e a primavera que chega. Que belo encontro para maravilhar o coração.
Beijão amiga, muito lindo!!

Zizi Santos disse...

Poesia linda e que encanta ! Parabéns por essa linda inspiração
bj Zizi

Tunin disse...

A sonoridade deste teu violino é tão belo quanto à beleza da graça da primavera.
As tuas poesias têm a melodia de uma suave canção. É maravilhoso ler-te.
Abração.

Lu Nogfer disse...

Um poema muito terno e lírico.

Parabéns pela bela participação!!

Abraços!

Ana Bailune disse...

Bom dia, e bom domingo.
Parabéns pelo doce e suave poema!

Lulú disse...


Um poema lindo e ao som de um violino, é de chorar de emoção!
Beijos, amiga
Maria Luiza (Lulú)

Miguel disse...

Cármem, querida amiga
Li suas belas palavras ao som do violino.
Pode-se dizer que este poema foi música para os meus ouvidos!
Quanta ternura, quanta suavidade, quanta doçura!
Só posso acrescentar: PARABÉNS!

Um beijo muito grato do amigo
Miguel

Joana disse...

Boa tarde, Carmen!

Lindíssimo! Fiquei encantada com teus versos.

Parabéns! Beijos

Nelma Ladeira disse...

Lindo poema sobre a primavera!!
O som do violino deu um toque especial!!
Parabéns,beijinhos.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Carmen
Passo, com alegria, depois de 15 dias fora de casa a visitar netinhos amados... e me deparo com a pérola aqui publicada...
Nova emoção toma conta do meu coração pois senti a empatia da saudade... Meu violino interno também chora com aperto no peito hoje pela ausência dos amadinhos que por lá deixei...
Vamos acalentar nossos violinos que podem, num futuro, próximo, tornar a elevar nossas almas com harmoniosas melodias???
Seu poema me ajudou a ultrapassar um novo horizonte agora e, sozinha, sem eles por perto...
Parabéns!!!
Bjm fraternos

ღ Magda ღ disse...

Carmen querida,
Belo e doce encontro entre a Primavera e os acordes de um violino!
Parabéns pela linda participação, amiga!
Beijos.

Artes e escritas disse...

Uma belíssima homenagem ao violino! Parabéns! Um abraço, Yayá.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Mais uma vez estou aqui,para agradecer a todos os amigos e ao Viviani pelo lindo selo recebido no evento 2ºProsas Poéticas,foi um prazer participar junto a tantos amigos poetas e poetizas.
Obrigada-Carmen Lúcia.