17 de outubro de 2014

Prosas Poéticas na 9ª apresentação traz a criação de:



Recomeço



Houve um tempo em que senti amor
E ligada a você fiz a volta ao mundo
Sem sentir a pressão das correntes

Dançava feliz numa camisa de força
Recusando aceitar a pesada ameaça
Que balançava sobre nosso romance

Meu coração tinha pretensões eternas
E por isso o adeus foi ainda mais cruel
Por fora controle total, por dentro ruína

Quando se ama muito, fica a sensação
De não ter feito o bastante, daí a culpa
O sentimento de derrota oprime e corrói

Os dias passam e seguem. Acontece!
Sou despertada para novos desejos ali
Embora os antigos ainda reinem por lá

Não renego, me apego e recomeço,
Entendendo, enfim, que há infinitos
Modos de se sentir a vida e o amor

* * *
Rosa Mattos  
Direitos Autorais Reservados ®
clique na gravura e conheça outras criações da autora.

__________________________________________________________

26 comentários:

dinapoetisadapaz disse...

Olá Rosa! Recomeçar é preciso, é preciso coragem e determinação para um novo despertar quando o coração ainda dormita sobre a saudade.
Parabéns pelo belo poemas, embora dorido, mas lindo de se ler.

Bjs de luz!

Marina Fligueira disse...

¡Hola Rosa!!!

¡Precioso, precioso! Tu poema que nos habla del amor, quizá frustrado?
¡Pero la vida sigue y el corazón necesita un soplo de aire fresco! Una nueva oportunidad.
Y empezar de nuevo no es nada malo, al contrario, todos necesitamos amar y ser amados.

Te dejo mi felicitación: por tu buen hacer.
Besos azules en vuelo, para ti: y para J-R -Viviani

Marina Fligueira disse...

Se me olvidaba decirte, que viajamos en el mismo barco de este gran Maestro, escritor y poeta.

Elvira Carvalho disse...

A vida é feita de recomeços e em cada um há um novo ou velho amor esperando por nós.
Um abraço e bom fim de semana

Dorli disse...

Oi poetisa Rosa,
O amor verdadeiro não morre, por isso se um dos dois esfriou confundiu amor com paixão, pois paixão se sente pela atração física e amor é comprometimento mútuo.
Mas sempre haverá recomeços, mas com certeza nunca o amor será maior que aquele que ficou guardadinho num cantinho do cérebro, esse, infelizmente sempre permeará o pensamento.
Como sempre: poesia maravilhosa
Parabéns
Sucesso
Lua Singular

Lu Nogfer disse...

Quando "o sentimento de derrota oprime e corrói", o melhor mesmo é o recomeço!

Belíssima criação da nossa linda poetisa Rosa!
Muitas palmas...

ॐ Shirley ॐ disse...

Gostei, Rosa.
O amor sempre machuca, mas, também há novas oportunidades de recomeço.
Um beijo!

Vanuza Pantaleão disse...

A redefinição sobre a multiplicidade do sentimento de amar o outro. Algo que parece fácil, mas pode se complicar, pode esfriar. Enfim, ninguém sabe o que virá quando do ato de entrega do seu coração a alguém.
Foi assim que entendi a Rosa Mattos, que passo a conhecer e a respeitá-la como poetisa.
Parabéns, Rosa!Bjsss

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Rosa,um recomeço é bem vindo quando há amor mútuo,para que ele não morra.
Lindas palavras poéticas.
bjs.
Carmen Lúcia.

Joana disse...

Bom dia, Rosa!

Muito lindo teu poema! Parabéns!

Beijos!

Verinha Portella disse...

Rosa...amei teu poema...me fez lembrar um meu que diz...
" Não te faças prisioneira de um amor, mas se o fizer não te apaixone pela cela" Voe..voe alto!

Parabéns pela belíssima apresentação...
veraportella

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sim, há infinitos modos de recomeçar a vida e o amor.
Parabéns, Rosa.
Beijo*

Leila Bomfim disse...

Oi Rosa é preciso ter coragem e recomeçar para mais tarde não sofrer...belíssimo poema..um abraço

Célia Rangel disse...

Parabéns pela sua participação, Rosa, com um lindíssimo poema!
Abraço.

Artes e escritas disse...

Parabéns pelo poema que discute o amor, infinito e presente na vida de todos nós. Um abraço, Yayá.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Rosa
Nota-se, perfeitamente, que vc descreve o amor do qual conhece muito bem... sabe da finitude e infinitude do mesmo...
Conhece seus paradoxos e os seus versos são expressivos neste sentido...
Lindo de se ler pois é reflexivo, como gosto...
Bjm fraterno e parabéns pelo poema!!!

NeusaMarilda_Lavienrose disse...

Bonito poema que mostra saudade pois foi para valer. Parabéns!

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Es cierto; siempre hay un recomienzo y una nueva Ilusión tras la decepción que supones la ruptura de un Amor en el que teníamos puesta toda nuestra Esperanza.
Precioso Poema, pleno de melancolía y valentía ante la adversidad.
Abraços.

Zilani Célia disse...

OI ROSA!
RECOMEÇAR SEMPRE, MESMO QUE COM O CORAÇÃO AINDA APEGADO AO QUE JÁ SE FOI.
QUE BELEZA TEU TEXTO AMIGA.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Elvira Carvalho disse...

Muito obrigada Rosa pela sua gentileza.
Bom fim de semana

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Poetisa!

Que versos tão bonitos, adorei..


tenha um feliz fim de semana
Beijos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Poetisa!

Que versos tão bonitos, adorei..


tenha um feliz fim de semana
Beijos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Poetisa!

Que versos tão bonitos, adorei..


tenha um feliz fim de semana
Beijos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Rosa Mattos disse...

Olá JR e amigos, quero agradecer a todos pelos comentários gentis e dizer que adorei fazer parte desse evento. Obrigada. ♥

excelente final de semana!

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi amiga, Rosa Matos !
Chegas na área da consciência, e
recomeças a vida. É exatamente desta forma que se renasce para o amor !
Parabéns, querida Poetisa.
Belo texto.
Um carinhoso abraço.
Sinval.

MARILENE disse...

A finitude do amor, nunca esperada ou desejada! Há que se seguir, mas colocamos mais uma cicatriz em nossos corações. Bjs.