27 de novembro de 2014

Divulgando:


Caras amigas e amigos, hoje eu trago a vocês o meu livro: “Uma página virada...”, que além de ter passado por revisão ortográfica – sintática e gramatical – e de ser reeditado recebeu também capa nova. 

A obra de Capa nova:


Uma página virada...

Editora: Clube de Autores.
1ª Edição, 2011.
ISBN: 978-85-912892-2-6
Nº de páginas: 378

Síntese da obra:
Neste livro, narro à história de Francesco, um jovem italiano que foi forçado pelas circunstâncias a imigrar para o Brasil em companhia dos seus pais.
A forte depressão econômica que imperava na Itália nos finais do século 19; depressão que distribuía miséria e fome, obrigava milhares de famílias imigrarem a outros países em busca de oportunidades e melhores condições de vida, o que não deixou de acontecer com a família de Francesco, um jovem de idade muito tenra – filho único, que, por infortúnio e fatalidade, muito contra vontade, obedecendo ao desejo dos pais teve que deixar sua terra e imigrar para o Brasil.
Esta é a narração da sua vida, na qual discorro, inicialmente, sua frustração e desilusão de deixar o lugar que tanto amava e ir para uma terra estranha, mas que lhe dava muita e não apagava a esperança de um dia poder retornar a sua bela e amada Itália. Porém, sentimentos que, aos poucos e com o tempo, foram gradativamente mudando se transformando em uma página virada da sua vida...  
Conto as lutas e dificuldades que aqui enfrentou, não só com a língua, costumes e cultura totalmente distinta, mas principalmente dos excessos que cometiam aproveitando a enorme massa de imigrantes italianos que pra cá vinham, tratando-os como semiescravos nas fazendas de café, locais para onde a maioria ia buscar como ilusão construir um futuro...
“Uma página virada... é um drama romanesco onde afloram sentimentos de mágoa, descrença, desilusão e melancolia, mas também de amor, paixão, alegria e felicidade. Uma história de vida admirável, envolta por muita ação e realizações, caracterizada por determinação, firmeza de propósitos e idealismo, culminando em regozijo.
* * *
O interessado em adquirir o livro impresso clique AQUI, no formato e-book AQUI.

* * *
Esperando que tenham gostado da divulgação aceitem o meu abraço.
Até a próxima!
_______________________________________   

21 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia

Muito bem, gostei de ler... É sempre bom vir aqui.


Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

ॐ Shirley ॐ disse...

Livro bastante interessante, pois, a maioria de nós teve os bisavós vindos da Itália.
Bonita e sugestiva a capa.
Viviani, grande abraço!

Elvira Carvalho disse...

Parece muito interessante. Nós portugueses somos por necessidade um povo de emigrantes. No século XIX e primeira metade do século XX o Brasil era o país de excelência para os nossos emigrantes. Depois na segunda metade o rumo mudou para a França.
Um abraço e bom fim de semana

Laura Santos disse...

Antes de mais, a capa é muito bonita! Depois, parece-me que deve ser de leitura interessante já que conjugará todos esses opostos da vida; a tristeza, a melancolia, o árduo esforço com vista a obter uma vida melhor numa terra que não é a sua, e por fim uma certa alegria e reconciliação com a vida, esse regozijo.
Portugal sempre foi país de emigrantes, emigração que parou a partir dos anos 70 com a revolução de Abril, mas que voltou a acontecer massivamente com a presente crise económica. Por outro lado também se tornou país de imigrantes, vindos sobretudo das ex-colónias portuguesas, dos países do Leste europeu, e muitos vindos do Brasil, também.
xx

Bell disse...

Sucesso =)

Lu Nogfer disse...

Olá meu caro amigo.

Ótima a tua divulgação. Sempre nos deixando com água na boca.
Como já te disse, teus livros já estão na fila para enriquecer a minha estante de cabeceira. E pelas sinopses que tenho lido, são todos bem instigantes. Em breve poderei comprovar, mas já lhe deixo os parabéns com votos de muito sucesso sempre.

PS: Postei o lindo mimo que me presenteaste. http://selosdoblogdalu.blogspot.com.br
Muito obrigada!

Beijos!


Samuel Balbinot disse...

Boa tarde meu amigo.. tudo muito lindo.. eu sempre tive problemas com capas rsrs
estou até ajeitando aqui para te mandar.. mandarei só de um logo mais..
desejo sucesso sempre.. abração a vc

Bárbara disse...

Boa tarde Viviani
Boa sorte e muito sucesso para você
Abç
Bárbara

Mariangela disse...

Boa tarde J.R!
Gostei muito do livro, me parece muito interessante. E a capa é linda!
Muito boa a tua divulgação J.R.
Que Deus te abençoe... sucesso!!
Abraços
Mariangela

Elyane Lacerdda disse...

A capa do livro ficou muito linda,amigo!
Parece muito interessante, pois os brasileiros em geral têm descendência italiana!
Bjus e parabéns!
http://www.elianedelacerda.com

Vanuza Pantaleão disse...

Que beleza, amigo!
A imigração italiana, assim como todas que aqui se instalaram, só nos trouxe ótimas contribuições.
Sou uma apaixonada pela Itália, mesmo porque a família Pantaleão teve suas origens por lá. Mas o que me orgulha mesmo é a nossa brasilidade, é saber que o nosso país apoiou a todos que precisavam do seu abrigo.
A capa é linda!
Valeu, Viviani!Bjsss

Marcia Pimentel disse...

Olá, Viviani!
Sucesso com o livro. A capa está linda e tem mais haver com a história do livro.
Bjs

Marina Fligueira disse...

¡Hola, J-R Viviani!!!

Creo que no me equivoco al pensar que esta maravilla de libro, debe ser un deleite para los sentidos, eh. Y a pesar que no está traducido al español, no me importaría leerlo, pues entiendo muchas palabras en este idioma.
Me encanta la genial reseña que narras.
Bien te enviaré un correo y así hablamos.
Un abrazo y toda mi estima.
Gracias mil por tus letras y por tu cercanía.
Besos azules en vuelo.
Y se muy muy feliz.

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Según la Reseña, parece un libro interesante y lleno de visicitudes en aquella época en la que en Europa no quedaba más remedio que emigrar hacia otras zonas.
¡¡¡Parabens y suerte!!!
Abraços.

Nelma Ladeira disse...

Bom dia J.R.Viviani.
Adorei a capa,e a Síntese.
Com certeza é um livro muito bom!
Parabéns e sucesso!
Beijinhos.

Daniel Costa disse...

Bom amigo J.R. Viviani

Gostei da capa do livro. A sinopse também leva a crer tratar-se de uma boa obra. Como o tema faz da emigração, para o Brasil, prever. Aliás o fraterno Brasil pode ser grande alfobre de obras sobre emigrantes. Pelos inúmeros casos de sucesso conhecidos.
Grande e fraterno abraço

Edumanes disse...


Uma página virada, em verso
porque o poeta assim o quis
correndo ao encontro do sucesso
nessa caminhada seja muito feliz.

Bom fim de semana,
um abraço caro amigo poeta
quem corre por gosto não cansa
longe se chega sem ter pressa.

Eduardo.

Aparecida Ramos disse...

OLÁ, QUERIDO AMIGO!! FICO CONTENTE POR VOCÊ! ADMIRO-LHE POR SEU TALENTO COMO ESCRITOR E CORAÇÃO GENEROSO! VOCÊ QUE NÃO MEDE ESFORÇOS PARA CONTRIBUIR TAMBÉM COM A DIVULGAÇÃO DA ESCRITA NÃO SOMENTE SUA, MAS DE INÚMEROS ESCRITORES! SAÚDE, PAZ, FELICIDADES E SUCESSO!!! ABRAÇO CARINHOSO! BOA NOITE!!

Labirinto de Emoções disse...

OLá J.R.Viviani
A capa desta nova reedição é muito bonita..:-))
Que ele seja de novo um sucesso de vendas.
Um beijo, boa semana
Teresa

Rosa Mattos disse...

Amigo Viviani, com seu capricho e talento para as letras, com certeza deve ser uma excelente obra.

Parabéns e Sucesso!

abraços/
Rosa Mattos

Cesar S. Farias disse...

Romances recheados de fatos históricos unem o útil ao agradável. Concordo, a escravidão é algo lamentável. Não sabia que os italianos também sentiram-na na pele.