1 de dezembro de 2014

Divulgando:


Prezada leitora e caro leitor, hoje o Divulgando apresenta a autora Marina Carla e sua obra: “Delirando em Letras”; vamos à apresentação da autora e da sua obra.

Antes, porém, deixo um lembrete que o Divulgando vai ao ar todas as 2ª, 3ª e 4ª feiras, e é um espaço dedicado exclusivamente à divulgação de autores e suas obras, portanto, autoras e autores interessados na divulgação de suas obras, entre em contato pelo e-mail: jrviviani@uol.com.br; em outras palavras, usem e abusem deste espaço.

Dito isso, vamos à apresentação de hoje. 

A autora:

A autora Marina Carla é professora habilitada para trabalhar com Educação Infantil e Séries Iniciais, pós-graduada em Alfabetização e Literatura Infantil; reside em Rio dos Cedros, Santa Catarina onde leciona há onze anos. Escreve desde a adolescência, porém há apenas um ano e meio tem tornado público (através de seu blog), alguns poemas e crônicas. Publicou em 2012 sua primeira obra pelo Clube de Autores.

A obra:



Delirando em Letras

 Editora: Clube de Autores
Número de páginas: 87
Edição: 1(2012)
Gênero: Contos e Crônicas.
Formato: A5 148x210
Acabamento: Brochura c/ orelha




Sinopse:

"Volta e meia me vejo brincando com palavras. Ouço ou escrevo alguma, e começo a achar engraçado, ou atribuo significados diferentes. Tem um quê de Luís Fernando Veríssimo nessa mania... ou não, várias pessoas que conheço brincam com palavras.
Por exemplo: fronha. Não sei por que, mas acho essa palavra engraçada. Não sei se são os encontros consonantais assim seguidos, dígrafos ou o que quer que seja, mas se parar para pensar na palavra, fica engraçado. Agora, estou escrevendo e rindo, fronha, que palavra engraçada." (Trecho da crônica Desvarios Etimológicos, publicada neste livro)
O livro contém uma seleção de contos e crônicas, alguns retirados do blog da autora - Devaneios e Desvarios, outros inéditos.

***

Para maiores informações visitem o site da autora clicando AQUI. 
Para comprar o livro clique AQUI indo direto à página da autora no Clube de Autores.

***

Espero que tenham gostado da divulgação e sido atraídos pela obra da autora.

Abraços a todos e até a próxima!

­­­­­­­­­­­____________________________________________ 

15 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia

Gostei da postagem, parabéns

Beijinhos e uma excelente semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Laura Santos disse...

"Delirando em Letras" é um bom título, e ai de quem quer escrever que não delire com as palavras, que as vire e as revire, que delas retire todo o possível significado.
Curioso que o vocábulo fronha aqui em Portugal também pode ser usado em linguagem vulgar como cara, face não muito apresentável, embora se utilize na brincadeira.
Eu própria costuma dizer: "Vou lavar a fronha!" :-)
Sucesso para a escritora.
Boa semana!
xx

Elvira Carvalho disse...

Parece ser muito interessante. Vou seguir o link e visitar o blogue da autora. A palavra fronha em Portugal se usa como capa para almofada, mas também como cara na gíria popular. Lembro-me que a minha mãe dizia quando nós eramos meninos. "Já lavaram a fronha?" Ou "Já fizeste asneira, a tua fronha não me engana" À medida que fomos crescendo, deixou de o dizer.
Um abraço

Zilani Célia disse...

OI VIVIANI!
QUERENDO TE DESEJAR UMA BOA SEMANA PASSO POR AQUI E TE DEIXO MEU ABRAÇO.

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá amigo Viviani,estou seguindo novamente você,pois o seu blog saiu não sei qual o motivo de meu seguidor.
bjs.
Carmen Lúcia.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, jogar com as palavras é criatividade, sou apreciador da escrita com o jogo das palavras, vou conhecer a autora e o seu trabalho através do seu blog.
AG

Beatriz disse...

Muito bacana esta iniciativa de divulgar as obras de outros! Adoro perambular pelas palavras e ver como elas se encaixam em diferentes escritas e tipos de livros... Parabéns a autora Marina Carla!

Grande abraço

<°))))< Bia

Edumanes disse...

De terra em terra divulgando,
os seus belos poemas o "Vendedor de Ilusão"
em troca nada cobrando
de pressa lá chega voando na imaginação!

Vai num pé e volta no outro pé,
divagando por aí sem parar
com muito esperança e fé
é bom ver o sol no céu a brilhar!

Boa noite caro amigo poeta, um abraço.
Eduardo.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Olá gostei muitíssimo do que li sobre o livro da autora. Muitas metáforas bem colocadas em construção bem amarrada.
Tenha um lindo dia. Grande abraço!

Arione Torres disse...

Oi amigo, adorei a divulgação!!
Tenha uma ótima semana, abraços e fique com Deus!!

MARILENE disse...

Que ela tenha sucesso em suas realizações literárias. Você fez uma ótima apresentação da autora, como sempre. Lidar com as palavras é muito prazeroso e o título da obra, bem sugestivo. Abraço.

Vanuza Pantaleão disse...

A riqueza do nosso idioma sempre nos dá margem a deliciosas brincadeiras de palavras. Agora, tem umas palavrinhas que de tão complicadinhas nos fazem até pensar num "palavrão" [risos].
Por exemplo, alguém aí já ouviu uma pessoa na rua falando "inconstitucionalissimamente"?
Então, vamos lá para os bancos da escolinha ginasial da dona Lili. Havia dois tipos de latim (língua morta de onde surgiu o Português), eram o "latim culto" e o "latim vulgar". O culto era só escrito e ficava restrito, logicamente, aos mais cultos. E o vulgar? Ora, esse era falado pelo povão da época, pelo povão sem escola e sem privilégios, e foi esse que pegou e foi se transformando até chegarmos aqui no nosso "Português-Brasileiro" do qual já cantava Noel Rosa nos tempos de sua boemia pelas noites da Vila Isabel no Rio.
E que tal, para encerrarmos com a famosa chave de ouro, citarmos aqui o Príncipe dos Poetas, Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac?

"Última Flor do Lácio
Inculta e Bela/ És a um tempo/ Esplendor e sepultura..."

Ahhh,como eu amo esse idioma???
Adorei essa postagem, Viviani!
Grande abraço e perdoa-me ter me alongado!

ॐ Shirley ॐ disse...

Gostei do título do livro, gostei da fronha e agora, vou ver o site da Marina Carla.
Grande abraço!

Marina Fligueira disse...

¡Hola, Viviani!!!

He pasado ésta entrad por alto, pues no estuve en las mejores condiciones.
Es una bonita reseña de esta autora.
Y debe estar precioso su libro, pasaré también a visitar su página.

Te dejo besos azules en vuelo.

Leila Bomfim disse...

Olá Viviani. Cá estou eu rindo da palavra fronha, e não é que é mesmo muito engraçada essa palavra? kkk
Desejo sucesso a autora.