4 de novembro de 2014

Prosas Poéticas na 18ª apresentação traz a criação de:



Pássaro livre


Pássaro livre
Irresistível o teu gorjear.

No apogeu da sua liberdade
A força e a serenidade
de quem nasceu para embelezar.

Daqui onde estou
eu contemplo a sua poesia
No entrelaçar das asas
há maestria no seu voar

Alça voo
Pássaro livre
Alimenta-me com teus sonhos
Faça-me (en)cantar

E eu te sigo e te proponho
Vou contigo
Voo contigo
Para além do mar.

* * *
Joana Tiemann  
Direitos Autorais Reservados ®

clique na foto e conheça outras criações da autora.

_________________________________________________________________

27 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Ser livre como os pássaros sempre foi sonho da humanidade.
Gostei.
Um abraço e boa semana

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Esse é o verdadeiro voo para a liberdade.
Lindo demais.
parabéns Joana.
bjs-Carmen Lúcia.

cris braghetto disse...

Olá Joana.
Poetas são assim, como pássaros que gorjeiam entoando versos pelo ar. Lindo!
Abraços.
___________________

Olá, Viviane.
Este encontro literário está maravilhoso.
Parabéns a todos!

Laura Santos disse...

Um belo poema de liberdade.
xx

Dorli disse...

Olá Joana.
Poesia linda como a autora.
Você nos fez voar como os pássaros numa liberdade infinda.
Lindo seu versejar!
Parabéns
Lua Singular

ॐ Shirley ॐ disse...

Bom seria se pudéssemos voar e ter a liberdade dos pássaros...
Belo poema, Joana.
Beijos!

Vanuza Pantaleão disse...

Oi, Joana!
Voar não é só com os pássaros. Acabei de fazê-lo nas asas da sua poesia.
Parabéns! Adorei!
Beijinhos...

Samuel Balbinot disse...

Bom dia querida Joana..
versejando com a leveza de sempre...
teus versos flutuam como tua alma em leveza.. bjs meus

Rosa Mattos disse...

Que lindo! Parabéns.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Joana
Lindo alçar voo!!!
Ele com vc, vc com ele e a gente no embalo dos seus lindos versos...
Parabéns!!!
Bjm fraterno

Joana disse...

Obrigada!

Feliz com tantas manifestações de carinho!

Grande beijo!

Nelma Ladeira disse...

Pássaro livre Voo contigo,Para além do mar.Lindo poema!Adoro a liberdade.
Beijinhos.

Evanir disse...

Joana a muito tempo não vejo você apesar de estar fazendo menas visitas .
Seu poema fala do voar livre do pássaro.
Como a águia entre as montanhas
voando rumo para o lugar mais alto,
num vou rumo a eternidade..
Parabéns poetisa.
Beijos..Evanir.

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Preciosa Poesía, Joana.
Ese Vuelo que es Libertad entre el Cielo y el Mar azul celeste.
Surcan con él nuestros Sueños, acariciados por la brisa del Mar.
Abraços.

Fábio Murilo disse...

O passáro é uma metáfora da liberdade.

Marina Fligueira disse...

¡Hola,Joana!!!

¡Ay como me gusta tu poema! Chiquillaaaa. Es un canto a la libertad, a ese volar libre donde se alimentan los sueños. Todo lo que es naturaleza es poesía; y ese pájaro la lleva en sus alas, en su sangre en su pico.
Igual que tú la llevas dentro del alma, dentro de tus sentidos.
No tango plabras para expresar lo mucho que me gustan tus versos.
Ha sido un inmenso placer.
Un abrazo y se muy muy feliz.

Otro para nuestro buen amigo y compañero de fatigas: J-R- Viviani.

Buen día a todos/as.

Rosa Mattos disse...

Caro amigo Viviani, passei para deixar um abraço, desejar um ótima semana e cumprimentá-lo pelo evento que está uma beleza. Estou acompanhando todas as participações. Está um sucesso!

abraços/
Rosa Mattos

Sinval Santos da Silveira disse...

Ah, Joana Tiemann, querida amiga !
Também quero voar, nas livres asas
do teu pássaro, e cantar a vida !
Linda visão de liberdade, bela
Poetisa.
Parabéns, e um fraterno abraço.
Sinval.

Leila Bomfim disse...

Olá Joana
O voo de um pássaro é mesmo repleto de poesia, mas só consegue percebê-la quem tem sensibilidade no olhar, assim como você...beijo grande

Pastora disse...

MUY HERMOSO. FELICITACIONES.


Lucas - Blog: Overture disse...

O voo e o canto caracterizam tão bem um pássaro! Penso que há algo de que não resta dúvida: se humanos fossem, seriam poetas. Se o poeta tem olhos para ver seu voo, e ouvidos para deleitar-se com seu canto... – tem também o dom de transcrever tais belezas em versos. O poeta á um pássaro de imaginação, um pássaro de coração, uma alma com asas. E é isto que está em teu poema. Em todos os teus poemas, poetisa, tu és pássaro – mas, neste, és mais do que nunca. É extremamente belo que tenhas dito ‘daqui onde estou...’ Eu perguntei-me: onde estarias? De onde estarias contemplando o bater das asas. Talvez, de uma janela do castelo encantado que é teu coração. Beijossssssssss

Guaraciaba Perides disse...

Saber voar como os pássaros...pelo menos em pensamento somos livres.
Belo poema!
um abraço

Guaraciaba Perides disse...

Saber voar como os pássaros...pelo menos em pensamento somos livres.
Belo poema!
um abraço

Vanessa Palombo disse...

Oi Joana,

Voar é uma dádiva...

Bela participação!

Abçs

Artes e escritas disse...

Esse seu poema é um voo para a imaginação, parabéns. Um abraço, Yayá.

Lu Nogfer disse...

Tao bom ter asas para ir além dos pensamentos!

Lindo, Joana. Parabéns!

Beijos

Joana disse...

Obrigada, meus queridos!

A todos o meu fraterno abraço!