8 de novembro de 2014

Prosas Poéticas na 20ª apresentação traz a criação de:



Tons de vermelho
  


Nos teus braços esqueço-me,
Perco-me do meu tempo,
As horas já não são minhas, tornam-se tuas.

Neste instante meu ser deixa-me para que o teu entre,
Fragmentos teus apossam-se de mim revirando-me pelo avesso,
Partindo-me em mil pedaços.

Refaço-me em ti no teu ser,
Torno-me parte dele,
Nossas essências misturam-se em vários tons de vermelho.

No vermelho do nosso coração,
No vermelho da nossa paixão,
No vermelho do sangue que corre em nossas veias.

Desmancha-se então, no vermelho do meu batom,
E termina,
No pranto vermelho dos teus olhos,
Quando tenho que ir embora...

 

* * *
Vanessa Palombo
Direitos Autorais Reservados ® 

clique na foto e conheça outras criações da autora.

_____________________________________________

27 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Gostei do poema, pese o sentimento de tristeza que ele invoca.
Parabéns pela participação
Um abraço e bom fim de semana

Rita Sperchi disse...

Um poema maravilhoso que mistura
o vermelho da vida e do coração
Vanessa parabéns por estar aqui
mostrando tudo que vc tem de bom
e elogios ao Vendedor de Ilusão que teve a ideia maravilhosa de postar poemas divinos de bons poetas

Bom dia e bom final de semana
Bjusss

└──●► *Rita!!

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, Vanessa Palombo !
Palavras ditadas pelo amor, e somente pelo amor...
Que linda, a tua poesia!
Parabéns, querida, e um carinhoso abraço!
Sinval.

Laura Santos disse...

Um belo poema colorido com o vermelho da paixão e do sangue.
Muito poderoso.Gostei muito.
xx

JAIRCLOPES disse...

Soneto-acróstico

Vermelho como horizonte no ocaso
Assim a poeta colore seus poemas
Nada que escreve é por mero acaso
Ela produz obra acima de esquemas.

Se não bastasse chamativo colorido
Seus versos nos seduziriam ainda
Antes, compondo apenas “de ouvido”
Pois na qualidade que não prescinda.

A alma dessa poeta é mesmo assim
Longe de fórmulas e fixos arranjos
Ousada, mas nunca gasta seu latim.

Me vejo navegando entre os anjos
Bebendo os versos tintim por tintim
Ouço seu poema ao som de banjos.

Dorli disse...

Olá Vanessa,
Quanto tempo!
Sua poesia como sempre é de encantar.
Beijos
Lua Singular

Cidália Ferreira disse...

Um poema lindo de se ler

Muito parabéns à Poetisa Vanessa Palombo.

Beijos
Bom fim de semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Mariangela disse...

Oi Vanessa parabéns pela bela participação!
Seu poema é lindo!
Abraços,
Mariangela

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Vanessa,um poema lindo e triste,mas com versos poéticos muito encantadores.
Bjs amiga.
Carmen Lúcia.

Bárbara disse...

Bom dia Vanessa,
Linda poesia
Bela participação
Abç
Bárbar

ॐ Shirley ॐ disse...

Bom seria se esses momentos não tivessem fim...
Vanessa, beijos!

Clau disse...

Oi Vanessa :)
Amei os tons de vermelho!
Uma rica, graciosa e bela composição.
Ficou brilhante tua participação.
Bjs!

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Vanessa
Uma linda poesia onde o tom muda radicalmente: é o homem que chora... difícil, mas existe!!!
Todos os versos estão em muito bom tom e numa sensualidade nada vulgar... parabéns!!!
Bjm fraterno

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Preciosa Poesía que con ese color vermelho que es símbolo de Pasión con un Amor desbordante de Energía y Seducción, con sus Emociones y, también, sus momentos de Saudades...
Maravillosa Composición.
Abraços.

Artes e escritas disse...

A cor vermelha é quente e não é possuída por ninguém, parabéns pelo poema! Um abraço, Yayá.

Célia Rangel disse...

Um cenário amoroso por uma cor pulsante que move corações e paixões! Belo poema!
Abraço.

Marina Fligueira disse...

¡Hola Vanessa!!!

Me encanta tu poema abrazando el amor la pasión.
Excelentes y apasionadas letras que reflejan una gran sensibilidad y cariño.
Ha sido un inmenso placer.
Te dejo un beso en vuelo.
Desde España-Galicia.
Se muy muy feliz.

Ani Braga disse...

Oi José querido


Linda escolha.
Poema bonito demais.


Beijos
Ani

Ani Braga disse...

Oi José querido


Linda escolha.
Poema bonito demais.


Beijos
Ani

Vanessa Palombo disse...

Agradeço a todos pelo carinho, é sempre um grande prazer participar do Prosas Poéticas...

Saudaçoes!

Pérola disse...

O vermelho pode vestir todos os sentires.

Muito intenso.

Beijinhos

Pedro Luso disse...

Belo poema.
Um bom início de semana ao amigo.
Um abraço.

Evanir disse...

Vanessa ..
Adorei seu poema o vermelho nos da o mais belo sorriso.
Encanta reluz .
Parabéns querida.
Linda participação ,
excelente poema.
Uma feliz semana.
Evanir.

cris braghetto disse...

Olá Vanessa.
Um poema impregnado de paixão.
Muito Bonito.

Patricia Galis disse...

Um poema que descreve muito bem a paixão e seus belos tons de vermelho...parabéns vc como sempre toca nosso coração.

Lu Nogfer disse...

Quanto mais avassaladora, a paixão, mais anseia por presença.

Parabéns Vanessa!

Beijos.

Vanuza Pantaleão disse...

Vermelho, a eterna cor da paixão. O poema e a imagem, fantásticos. Parabéns, Vanessa!