27 de outubro de 2014

Prosas Poéticas na 14ª apresentação traz a criação de:



Labaredas encarnadas 




Escrevo hoje um poema de amor
emanado dos meus sentidos
lembrando teus beijos ardentes
percebo que foi quando te pertenci
para sempre...me tomaste em teus braços
poderosos e senti tua respiração ofegante
foi naquela hora, que diante de ti,  senti
todas as comunhões de nossas almas
teu caminho também é o  meu
entre flores, sobre flores nos amaremos
faremos amor perto da lua
no jardim que lá plantamos
em nossa viajem ao céu...
felizes, juntos pelo espaço
continuaremos nosso viver
como labaredas encarnadas
atiçando nossos  desejos
a imaginação tece loucas fantasias
como uma teia de pedacinhos de desejos
infindos...Visto minha alma de felicidade
como uma menina perseguindo borboletas
encontrando a fonte onde a água canta de prazer...


* * *
   Vera Portella   
Direitos Autorais Reservados ®


clique na foto e conheça outras criações da autora.

_________________________________________________________

33 comentários:

ॐ Shirley ॐ disse...

Assim seja! Que seus belos sentimentos, Vera, durem para sempre nessa viagem ao céu.
Beijos!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Um poema ardente,sedutor e de grandes emoções.
Sentimentos de um coração apaixonado,que nos faz viajar junto aos seus versos.
Adorei Verinha.
Bjs-Carmen Lúcia.

Célia Rangel disse...

Com muita sensualidade de uma vida amada e alicerçada no amor é o que leio em seus versos de uma magia sensível! Parabéns!
Abraços.

Nelma Ladeira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dorli disse...

Bom dia Vera,
Nem tudo são flores!
Mas para quem ama os desafios da vida não são nada perto do amor verdadeiro que não se deixa influenciar pelo desânimo e ama em qualquer lugar.
Parabéns pela linda poesia
Beijo saudoso
Lua Singular

Nelma Ladeira disse...

Bom dia!
Uma menina que se tornou mulher nos braços do seu amor!
Uma mistura de sentimentos,emoções e imaginações.
Parabéns Vera!Lindíssimo poema!!
Linda participação!

Agradeço o seu lindo comentário sobre meu poema.
Beijinhos.

Vanuza Pantaleão disse...

As labaredas da paixão realçam a poesia de Vera, versos lindos e incendiários.
Beijos, amiga!

Laura Santos disse...

Um poema lindo, apaixonado e apaixonante. Sobre o fogo do amor que nos abrasa.
Muito bonito!
xx

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, querida Poetisa, Vera Portella !
" Labaredas Encarnadas ", descrevendo, poética e encantadoramente, o mais nobre dos sentimentos: o ardente amor entre
dois seres. Uma verdadeira viagem
de prazer.
Que bela poesia!
PARABÉNS.
Sinval.

Cidália Ferreira disse...

Excelente poema que a Poetisa nos apresenta! Adorei

Otima semana

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Guaraciaba Perides disse...

O amor realizado como um sonho na matéria...forjado no coração!
Assim seja!
Um abraço

Mariangela disse...

Uma linda comunhão de amor, plenamente realizada... Parabéns!
Amei tua participação!
Beijos,
Mariangela

Gracita disse...

Olá mana querida
O fogo do amor explodindo como as lavas de um vulcão. Um amor forjado na juventude e explodindo labaredas no corpo sedutor de uma exuberante mulher
Sedutor e envolvente o teu belo poema. Parabéns irmãzinha amada
Beijos nesse lindo e apaixonado coração

MARIA MACHADO disse...

Olá poetisa sedenta de amor ardente, que expele na alma, em abundância, feito vulcão em erupção...lindo, lindo seu poema querida Verinha, parabéns viu!

Um beijo nesse coraçãozinho xonado!!!

Maria Machado

Vanessa Palombo disse...

Viagem ao céu........é maravilhoso!

Bjos

cris braghetto disse...


Olá Verinha.
E que a fonte do prazer seja eterna. Parabéns pela participação.

cris braghetto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cesar S. Farias disse...

Picante na medida certa. Entrega e cumplicidade em verso e prosa.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Vera
Um poema de amor eterno onde ninguém destrói os corações que amam...
Versos vividos e tecidos na alma...
Parabéns!!!
Bjm fraterno

Zilani Célia disse...

OI VERA!
UM AMOR NASCIDO AQUI, MAS QUE QUER SE PERPETUAR EM OUTRAS DIMENSÕES.
UM TEXTO DE AMOR, VERDADEIRO,EMOCIONANTE,
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Marina Fligueira disse...

¡Hola Vera!!!

Es un precios poema de amor que trastoca los sentidos y nos eleva a lo más alto de la cumbre donde culmina el amor y la plenitud nos abraza.
Mi enhorabuena, poeta.
Te dejo besos azules en vuelo.
Y mi gratitud por tu buen hacer.

No nos conocemos pero navegamos en el mismo barco de nuestro buen amigo escritor y poeta. J-R. Viviani. Un abrazo para él.

Elvira Carvalho disse...

Boa tarde Vera. Li e reli seu poema. Tão bonito como o próprio amor, tão apaixonado como duas pessoas que se amam e se completam. Gostei muito.
Um abraço

MARILENE disse...

Uma viagem com sentimentos explosivos e encantados, como seus versos. Bjs.

Rosa Mattos disse...

Muito vibrante seu poema, Vera. Parabéns! ♥

Mari B. disse...

Viagem vibrante pelos terrenos do amor. Belo e intenso poema! Parabéns!

dinapoetisadapaz disse...

Que encanto esse amor que desfila por suas artérias transformando seus devaneio em obra de arte.Parabéns!
Bjs!

Marilene Domingues disse...

Boa noite Vera e Viviani!
Quanto encanto e sedução neste lindo poema de amor...
Intenso e ardente! Parabéns minha amiga pelo poetar carregado de paixão.
Deixo beijos com carinho
Marilene

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Una preciosidad de Poema de Amor que siempre será eterno. Esas labaredas encarnadas serán siempre símbolo de esa Pasión que desata un Amor sin Límites ni Fronteras.
Abraços e Beijos.

Artes e escritas disse...

A paixão é labareda encarnada, lindo poema; parabéns! Um abraço, Yayá.

Lu Nogfer disse...

A Verinha, sempre com essa sensibilidade tao poética, tao a flor da pele, tão ela!
Parabéns a ela pela lindíssima obra!

Beijos.

Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana disse...

Bom dia, Vera!

Como sempre, Perfeito!

Parabéns minha querida!

Beijos!

Bárbara disse...

Olá Vera
O amor é cheio de complexidade
Bela participação
Abç
Bárbara